Qual a vantagem da madeira na construção civil?


A Madeira na Construção Civil

A madeira na construção civil

Quando falamos sobre a madeira na construção civil, talvez a primeira coisa que venha a mente de todos é a famosa “casa na árvore” que tanto sonhávamos quando crianças. Mas infelizmente, para a maioria das pessoas, este é o máximo que a madeira na construção civil pode chegar, o que está longe de ser verdade.

No Brasil moradias de concreto armado são o mais comum, sendo que a madeira é reservada mais para casas na árvore, casas de campo, chalés, etc. Porém, se você comparar com moradias nos Estados Unidos, por exemplo, verá que a madeira lá é muito mais utilizada. Entretanto, isto é algo que vem mudando.

Podemos dizer que a mudança iniciou por um aspecto mais estético, sendo que as casas de madeira são tidas como “luxuosas”. Mas, independente de como se iniciou, uma coisa é certa, as casas de madeira em nada perdem para as de concreto.

Vantagens de se ter uma casa de madeira

Ao contrário do que muitos possam pensar, a madeira é tão resistente quanto o concreto, e esta é apenas uma das inúmeras vantagens que a madeira na construção civil apresenta.

A começar que a madeira possui uma origem natural e renovável, e, ao contrário do que se pode pensar, você não estará fazendo mal para o meio ambiente ao utilizar madeira, muito pelo contrário, os gases tóxicos liberados pelo cimento são muito mais prejudiciais.

Ela também funciona muito bem como isolante, ou seja, nada de sofrer em um calor enorme, já que aqui a madeira funciona como um isolante natural. Ainda nesta mesma ideia de isolante, contrariando a crença popular, uma casa de madeira não irá ajudar o fogo (em um possível incêndio) a se alastrar. O que acontece aqui é que a madeira funciona como um carvão, ela pega fogo mas não propaga este fogo, e nem se deforma, por este motivo é muito comum observarmos toras de madeira carbonizadas após um incêndio mas sem deformações, enquanto uma estrutura metálica se deforma totalmente.

Entretanto, a madeira na construção civil vai muito além de uma casa de madeira, e não estamos falando de um prédio de madeira (apesar de já existirem alguns assim no Brasil), mas sim de toda a empregabilidade que a madeira têm na construção civil.

Fôrmas, escoras, vigas, pisos, móveis, portas, janelas, cercas. Tudo isso são apenas alguns dos exemplos do quão vasto é o repertório da madeira na construção civil. Ou seja, independente se você prefere o método construtivo do concreto estrutural, é bom já ter em mente que em alguma altura de sua obra você irá lidar com a madeira. O melhor aqui é simplesmente aceitar que você precisa dela e ambos irão se entender muito bem!

Artigos - Construção Artigos - Dicas
Panton é Pop

Na década de 1960, a era do design pós-moderno surge a proposta de criticar o design modernista e suas concepções. Esse ...

setembro 12, 2020
Como comprar material de construção barato? Siga estes passos

Como comprar material de construção barato? Certamente, construir ou reformar uma residência não é uma tarefa simples, m...

janeiro 15, 2020

Artigos Recentes

mais artigos
dezembro 12, 2019
Dicas para realizar a sua obra com qualidade e baixo custo

Provavelmente você está à procura de dicas para realizar a sua obra com qualidade e baixo custo, estou certo? Principalmente no Brasil, manter a qualidade pelo menor preço nem sempre é uma tarefa simples.

novembro 10, 2019
Piso quente ou piso frio? Qual é a melhor escolha?

A casa está ficando lindo, já tomou forma e agora é a hora de decidir qual reve...

setembro 23, 2019
10 dicas de como decorar apartamento pequeno

Se você está prestes a morar num apartamento pequeno e não tem ideia de como de...

Por Maria Cecília
setembro 19, 2019
Conheça os principais tipos de fundação na construção civil

Não é surpresa alguma que a fundação é a parte mais importante de uma construçã...

Por Matheus Avila
setembro 28, 2019
Conheça as 5 curiosas tendências em Decoração de Interiores para 2020

Está planejando as mudanças na decoração? Então conheça as 5 curiosas tendência...

Por Maria Cecília